JALAPÃO

Combate a incêndios no Jalapão ganha mais quatro veículos marruás

Postada em 24.03.2014 às 16h11m

Neste ano, as unidades de conservação do Jalapão contarão com apoio de mais quatro marruás para combater as queimadas da região. Cerca de R$ 800mil foram investidos na aquisição dos veículos, com recursos do projeto Cerrado-Jalapão, realizado pela cooperação Brasil-Alemanha, com a parceria do Governo do Tocantins.

Os marruás são jipes robustos, apropriados para o transporte de brigadistas e equipamentos, mesmo em áreas de difícil acesso. Originalmente desenvolvido como utilitário militar, esse tipo de veículo se tornou alternativa bastante viável para integrar forças-tarefas de combate ao fogo.

O secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Alexandre Tadeu, comemorou a aquisição. “Com a utilização dos marruás, as operações de combate às queimadas ficam mais eficientes. Claro que também é necessário dispor de brigadistas bem preparados e equipamentos adequados”, afirmou.

Com os novos veículos, a região do Jalapão passa agora a contar com seis jipes marruás. Os outros dois foram adquiridos em 2013, pelo projeto GEF - Cerrado Sustentável, com recursos do Banco Internacional de Reconstrução e Desenvolvimento (Bird/Banco Mundial), através do Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF, na sigla em inglês).

Operação

Os novos veículos entrarão em operação a partir de maio, quando cerca de 120 brigadistas darão início às atividades de prevenção em todo o Tocantins. No caso específico do Jalapão, os novos marruás atenderão prioritariamente as quatro unidades de conservação contempladas pelo projeto Cerrado-Jalapão: Estações Ecológica Serra Geral, Estação Ecológica Uruçuí-Una, Parque Nacional do Araguaia e Parque Nacional das Nascentes do Rio Parnaíba.

Projeto

O Projeto de Prevenção, Controle e Monitoramento de Queimadas Irregulares e Incêndios Florestais no Cerrado, ou Projeto Cerrado-Jalapão , visa beneficiar diretamente as unidades de conservação do Corredor Ecológico da região do Jalapão e municípios localizados no entorno dessas unidades. A iniciativa é realizada pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA), com cooperação técnica e financeira da Alemanha, através do Banco Mundial da Alemanha (KfW) e da Sociedade Alemã para Cooperação Internacional (GIZ).

O Governo do Tocantins matem parceria com o MMA para realização do projeto, através da Secretaria do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semades), do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) e do Instituto para o Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins).

Comentar

  • Nome: *
  • E-mail: *
  • Website/blog: (ex: http://www.seublog.com.br)
  • Mensagem: *
  •  

Comentários ()

  • Nenhum comentário publicado.